Este sítio utiliza cookies

Estes cookies são essenciais quer para melhorar as funcionalidades quer para melhorar a experiência de utilização do sítio ALEA.

        

Expresso Notícia do jornal Diário de Notícias
28 de dezembro de 2012

Desde 2009 que todos os anos, em Portugal, morrem mais pessoas do que nascem. A imigração deixou de compensar esta diferença em 2010 e em 2011 até a agravou, com o País a perder mais de 24 mil pessoas no saldo migratório, o balanço entre os que entram e os que saem.

Juntando os dois saldos, Portugal perdeu 30 mil habitantes. Esta é uma das principais conclusões dos Indicadores Sociais do Instituto Nacional de Estatística (INE), publicados ontem.

O geógrafo Jorge Malheiros salientou ao DN que o pequeno crescimento registado nos Censos de 2011 explica-se por abarcar toda a década, acabando por mascarar esta tendência de perda de população, que se começou a desenhar a partir de 2007.

É preciso recordar que a taxa de natalidade está a descer há décadas, o que faz com que a população jovem, em idade de ter filhos, seja progressivamente mais reduzida. E que os que emigram são também, na maioria, jovens em idade fértil, o que vai ter consequências na natalidade nos próximos anos.

O número de casamentos registou uma queda de 9,9% e quase metade dos que oficializaram a união já viviam juntos. A situação económica do País e das famílias não ajuda: o PIB por habitante decresceu, e o salário mínimo nacional, em termos reais, desceu 3,6%.

A taxa de abandono escolar precoce, de jovens que deixam de estudar depois de concluir no máximo o 3.º ciclo, baixou de 38,8% para 23,2% entre 2005 e 2011. Este é um dos dados que mostram a evolução positiva da educação em Portugal, nos Indicadores Sociais de 2011, divulgados pelo INE .

Indicadores no setor da saúde

Número de médicos e enfermeiros por 100 mil habitantes e número de camas por mil habitantes.

Famílias, Condições de vida das famílias e Emprego, Salários e Condições de trabalho

Indicadores e Gráficos.

Sociedade da Informação e do Conhecimento, Justiça, Cultura e Lazer

Indicadores e Gráficos.


Consultar mais informação:

Jornal Diário de Notícias
http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=2965815&page=1
http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=2965860

Destaque do INE: Um retrato social de Portugal: uma leitura de evoluções ocorridas nos últimos anos – 2011
http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_destaques&DESTAQUESdest_boui=133546054&DESTAQUESmodo=2