Este sítio utiliza cookies

Estes cookies são essenciais quer para melhorar as funcionalidades quer para melhorar a experiência de utilização do sítio ALEA.

        

(terminou o prazo de respostas)

Ver estatísticas das respostas e alunos premiados

Problema de nível I
Estatísticas das respostas

Número de participantes Escolas e número de alunos que responderam Número de respostas corretas Número de respostas incorretas Número de respostas anuladas
684 Lista das escolas (formato Excel) 537 88 59

 

Lista dos alunos premiados

Nome Ano e Turma Escola
Andreia de Jesus Jacinto 8.ºE

Escola Básica EB 2,3 D. Fernando II

Júlia Tsivka 8.ºD

E.B.2,3 Professor José Buísel

Diogo Marcos 9.ºD

E. B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos

Sara Brás

4.ºB

E. B. 1 São Luís

Rodrigo Taveira Frias Pereira 9.ºC

Escola Secundária Dr. João de Araújo Correia

Carolina Alentejano

3.ºB Escola Básica do Bom João
Gonçalo Guiomar 9.ºA Agrupamento de Escolas António Gedeão
Sophie Jane Pousinho 9.ºA Agrupamento de Escolas Amato Lusitano
Ana Beatriz de C. Pereira Bastos 7.ºD E. B. 2,3/S de Paredes de Coura
Beatriz Leitão 9.ºA Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca
Samuel Diogo Gomes Martins 9.ºD Escola Secundária da Portela
Tomás Silva 5.ºB E. B. 2,3 Dr. Joaquim Rocha P. Magalhães
Miguel Fernandes 8.ºA Agrupamento de Escolas António Gedeão
Ana Inês Gonçalves Reis 7.ºI Agrupamento de Escolas Gaia Nascente
Inês Costa 9.ºD Agrupamento de Escolas de Tomaz Pelayo


Alunos habilitados ao prémio final
Lista dos Alunos Habilitados
(alunos que responderam corretamente ao problema)

Problema de nível II
Estatísticas das respostas

 

Número de participantes Escolas e número de alunos que responderam Número de respostas corretas Número de respostas incorretas Número de respostas anuladas
170 Lista das escolas (formato Excel) 142 25 3

Alunos premiados

Nome Ano e Turma Escola
Margarida Arada Leitão Pinto Morais 10.ºH Escola Secundária de Águas Santas
David Afonso Pedrosa Vilar Cruz 11.º1 Escola Secundária Seomara da Costa Primo
Catarina Costa 11.ºCPTAL Escola Secundária de Mem Martins
Alexandre Afonso 11.ºA Escola Secundária Artur Gonçalves
João Miguel Pires Branco 11.ºCT1 Agrupamento de Escolas Amato Lusitano

 

Alunos habilitados ao prémio final
Lista dos Alunos Habilitados
(alunos que responderam corretamente a pelo menos duas das três questões do problema.)

Os problemas deste desafio baseiam-se numa notícia publicada no Jornal de Notícias de 27 de dezembro de 2015.

Esta notícia apresenta informação sobre o setor do turismo, na época alta, de 2008 a 2015.

 

Problema de Nível 1

Na figura seguinte são apresentados dados relativos à evolução do número de dormidas, do número de hóspedes e dos proveitos no setor do turismo, nos meses de julho, agosto esetembro de 2008 a 2015. 

A partir da informação contida na figura, responde às questões que se seguem.

 

Questão 1:

Diz justificando a tua escolha, se as afirmações seguintes são verdadeiras ou falsas:


(A) O verão de 2015 foi aquele em que o setor do turismo registou maior número de hóspedes, de dormidas e de proveitos

(B) De 2008 a 2015, a evolução do número de hóspedes foi sempre crescente.

(C) A um aumento do número de dormidas correspondeu sempre um aumento do número de hóspedes.

(D) A uma diminuição do número de hóspedes correspondeu sempre uma diminuição dos proveitos.


Questão 2:

Determina a amplitude da distrinuição dos dados respeitantes ao número de hóspedes, em milhões.
 

 

 

 

Resposta

 

Apresentada pela aluna Andreia de Jesus Jacinto, da Escola Básica EB 2,3 D. Fernando II

Resposta à questão 1:

(A) A afirmação é verdadeira porque o ano de 2015 possui o valor mais elevado de dormidas (18,9 milhões), de hóspedes (6,1 milhões) e de proveitos (999,6 milhões de euros).

(B)afirmação é falsa porque entre 2008 e 2009 o n.º de hóspedes diminuiu e entre 2011 e 2012 também diminuiu.

 

(C) A afirmação é falsa porque entre 2011 e 2012 os hóspedes diminuíram e o n.º de dormidas aumentou.

 

(D)A afirmação é verdadeira porque entre 2008 e 2009, 2011 e 2012 o nº de hóspedes diminuiu e o n.º de proveitos também.

 

Resposta à questão 2:

6,1= valor máximo; 4,7= valor mínimo

 

6,1- 4,4 =1,7

R: 1,7 milhões

 

Problema de Nível 2

 

No gráfcio ao lado é representada informação sobre o número total de pessoas empregadas na Restauração e Hotelaria, em milhares, nos meses de julho, agosto e setembro desde 2008 até 2015.

 

Questão 1:

Determina a amplitude da distribuição do número total de pessoas empregadas na Restauração e Hotelaria.


Questão 2:

Determina o primeiro quartil da distribuição dada e explica o significado desse valor no contexto apresentado.
 

Questão 3:

a) Calcula a média do número total de pessoas empregadas na Restauração e Hotelaria, em milhares.

b) Em que anos o número total de pessoas empregadas na Restauração e Hotelaria foi inferior à média?

c) A mediana do número total de pessoas empregadas na Restauração e Hotelaria é superior ou inferior à média? Justifica a tua resposta sem efetuares o cálculo da mediana.

 

 

Resposta

 

Apresentada pela aluna Margarida Arada Leitão Pinto Morais, da Escola Secundária de Águas Santas

 

Resposta à questão 1:

Amplitude da distribuição do n.º total de pessoas empregadas na restauração e hotelaria:

 327,9 - 272,7 = 55,2

 

A amplitude é 55,2 milhares de pessoas.

 

Resposta à questão 2:

 

Ordenação da amostra:

272,7 < 291,6 <292,5 < 294,1 < 298,6 < 301,5 < 324,2 < 327,9

 

Q1 = P25

P25 = (25 x 8) / 100

P25 = 2

P25 = (x(2)+x(3)) /2

P25 = (291,6 + 292,5) /2

P25 = 292,05

 

O primeiro quartil é 292,05. Significa que no período considerado (de 2008 a 2015), em 25% dos anos o n.º de pessoas empregadas na restauração e hotelaria é igual ou inferior a 292,05 milhares.

 

Resposta à questão 3:

a)     Média = (327,9+291,6+294,1+292,5+298,6+324,2+301,5+272,7) / 8

         Média=300,3875

         A média é 300,3875 milhares de pessoas empregadas na restauração e hotelaria

b)     Nos anos 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015.

c)     Como temos 5 anos com valor inferior à média e a mediana indica o valor central do conjunto de dados, concluímos que terá valor inferior à média.