Este sítio utiliza cookies

Estes cookies são essenciais quer para melhorar as funcionalidades quer para melhorar a experiência de utilização do sítio ALEA.

        

(terminou o prazo de respostas)

Ver estatísticas das respostas e alunos premiados

Problema de nível I
Estatísticas das respostas

Número de participantes Escolas e número de alunos que responderam Número de respostas corretas Número de respostas incorretas Número de respostas anuladas
521 Lista das escolas (formato Excel) 334 179 8

 

Lista dos alunos premiados

Nome Ano e Turma Escola
Sofia Alves 6.ºA

Colégio de Nossa Senhora de Fátima

Marisa Ramos Borges 8.ºA

Agrupamento de Escolas Dr. João Correia

Liliana Bairrão 9.ºD

Agrupamento de Escolas António Gedeão

Afonso Martins Pimenta da Silva Pereira

8.ºA

E. B. 2,3 de Vila das Aves

Alice Maria Fernandes Agante 6.ºA

Colégio D. Luísa Sigea

Eduardo Silva

4.º4D E. B. 1 São Luís
Isabel Maria Teixeira de Magalhães 7.ºA GILCO - Grémio Instrução Liberal Campo de Ourique
Matilde Anselmo Terêncio 5.ºB E. B. 2,3  Dr. Joaquim Rocha P. Magalhães
Maria Inês Encarnação 4.ºC Escola Básica do Bom Jo
Diogo Henriques 7.ºE Agrupamento de Escolas António Gedeão
Catarina Mairos 7.ºK E. B. 2,3 Dr. Ruy d'Andrade
João Gonçalves 9.ºA Agrupamento de Escolas Amato Lusitano
Tiago André Barros dos Santos 8.ºB Agrupamento de Escolas Dr. João de Araújo Correia


Alunos habilitados ao prémio final
Lista dos Alunos Habilitados
(alunos que responderam corretamente ao problema)

Problema de nível II
Estatísticas das respostas

 

Número de participantes Escolas e número de alunos que responderam Número de respostas corretas Número de respostas incorretas Número de respostas anuladas
217 Lista das escolas (formato Excel) 156 60 1

Alunos premiados

Nome Ano e Turma Escola
Marta Santos 11.ºCPTAL Escola Secundária de Mem Martins
David Afonso Pedrosa Vilar Cruz 12.º1 Escola Secundária de Seomara da Costa Primo
Débora Daniela Sequeira Cosma 10.ºF Agrupamento de Escolas Dr. João de Araújo Correia
Margarida Oliveira Farinha 12.ºCT2 Agrupamento de Escolas Amato Lusitano
Thomas Ferreira Vieira 10.ºF Agrupamento de Escolas Dr. João de Araújo Correia

 

Alunos habilitados ao prémio final
Lista dos Alunos Habilitados
(alunos que responderam corretamente a pelo menos duas das três questões do problema.)

 

Os problemas deste desafio baseiam-se numa notícia publicada no Jornal Diário de Notícias de 5 de janeiro de 2017.

Esta notícia apresenta informação sobre a Maternidade em Portugal, entre 2000 e 2015.

 

Problema de Nível 1

Os dois gráficos seguintes apresentam informação sobre a média de idade das mães em Portugal, entre 2000 e 2015, e o número de mulheres que foram mães depois dos 50 anos, entre 2001 e 2015, respetivamente. 

 

A partir da informação contida nos gráficos, responde às questões que se seguem. 

 

Questão 1:

O gráfico de linhas apresenta alguma incorreção nos eixos? Justifica a tua resposta.

 

Questão 2:

Diz, justificando a tua escolha, se as afirmações seguintes são verdadeiras ou falsas:

(A) De 2000 a 2015, a média da idade da mãe ao nascimento do primeiro filho aumentou 3,7 anos.

(B) Portugal, entre 2001 e 2015, nasceram 94 bebés de mulheres com mais de 50 anos.

(C) Os dados representados no gráfico com barras são qualitativos.

 

Resposta

 

Resposta à questão 1:

O gráfico de linhas apresenta de facto um erro no eixo vertical. Não começa no zero e a linha não está intercalada.

 

Resposta à questão 2:

(A) - Verdadeira

Média da idade da mãe ao nascimento do primeiro filho em 2000: 26,5 anos.

Média da idade da mãe ao nascimento do primeiro filho em 2015: 30,2 anos.

30,2 - 26,5 = 3,7 anos

De 2000 a 2015, a média da idade da mãe ao nascimento do primeiro filho aumentou 3,7 anos.

 

(B) - A afirmação deveria ser: “Em Portugal, entre 2001 e 2015, nasceram pelo menos 94 bebés de mulheres com mais de 50 anos”.

Assim, tal como está, a afirmação não pode ser considerada nem verdadeira, nem falsa.
 
Nota: Na correção foram consideradas como corretas as respostas em que os alunos afirmavam:
 
- Verdadeira, porque 4+8+4+10+8+6+4+3+3+13+1+5+8+6+11=94 
ou 
- Falsa, apenas sabemos o número de mães e não o n.º de filhos que cada uma delas teve (não sabemos se alguma mãe teve gémeos).
 
(C) - Falsa, Os dados representados no gráfico com barras são quantitativos (discretos); correspondem ao número de mulheres que foram mães depois dos 50 anos, entre 2001 e 2015.

 

 

 

Problema de Nível 2

Os dois gráficos seguintes apresentam informação sobre o número de mulheres que foram mães depois dos 50 anos e o número total de nascimentos, em Portugal, entre 2001 e 2015, respetivamente.

 

 

 

Questão 1:

Qual a variável representada no gráfico com barras? Trata-se de uma variável quantitativa ou qualitativa?

 

Questão 2:

Em Portugal, entre 2001 e 2015, qual foi, em média, o número de mulheres que foram mães depois dos 50 anos? Apresenta os cálculos que efetuares.

 

Questão 3:

O gráfico de linhas mostra uma tendência decrescente do número de nascimentos em Portugal, entre 2001 e 2015. Em 2002 registou-se o número mais elevado e em 2014 o número mais baixo de nascimentos. De 2002 para 2014, qual o decréscimo, em percentagem, verificado no número de nascimentos em Portugal? Apresenta o resultado aproximado às décimas.

 

Resposta

 

Apresentada pelo aluno Marta Santos, da Escola Secundária de Mem Martins

 

Resposta à questão 1:

A variável apresentada é o número de mães depois dos 50 anos. É uma variável quantitativa.

 

Resposta à questão 2:

(4+8+4+10+8+6+4+3+3+13+1+5+8+6+11)/15= 6,27, ou seja, em média, aproximadamente 6 mães.

Resposta à questão 3:

114383
82613   X = 72,22%
100%
X

100%-72,22%=27,78%

O decréscimo foi de 27,8%.