Este sítio utiliza cookies

Estes cookies são essenciais quer para melhorar as funcionalidades quer para melhorar a experiência de utilização do sítio ALEA.

Índice | II. Experiência aleatória | IV. Modelos de Probabilidade discretos e contínuos

III. Probabilidade

Parte 21 de 47

5. Modelos de Probabilidade em situações de simetria. Regra de Laplace

Voltemos novamente à experiência do lançamento do dado. Admitindo que o dado foi bem construído, isto é, é homogéneo e simétrico, é razoável admitir que os resultados que constituem o espaço de resultados associado à experiência, em número de 6, tenham igual possibilidade de sair, pelo que atribuímos a cada um a probabilidade 1/6. Vejamos ainda outros exemplos.

Exemplo - Considere um saco onde coloca 10 bolas, idênticas ao tacto, numeradas de 0 a 9. Um modelo apropriado para a experiência aleatória que consiste em retirar uma bola e verificar o número é o seguinte:

Resultado
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Probabilidade
0.1
0.1
0.1
0.1
0.1
0.1
0.1
0.1
0.1
0.1


Exemplo - Consideremos uma caixa de Smarties com 100 pastilhas, das quais 30 são vermelhas, 20 castanhas, 20 amarelas, 10 verdes, 10 cor de laranja e 10 roxas. Um modelo apropriado para a experiência que consiste em retirar uma pastilha e verificar a cor é:

Cor
Vermelha
Castanha
Amarela
Verde
Laranja
Roxa
Probabilidade
30/100
20/100
20/100
10/100
10/100
10/100

Já que admitimos que qualquer uma das pastilhas tem igual probabilidade de sair, ou seja 1/100.

Nas duas situações anteriores podemos admitir que estamos na situação da experiência do lançamento do dado homogéneo e simétrico, mas respectivamente com 10 ou 100 faces. Neste último caso, o dado teria 30 faces vermelhas, 20 castanhas, 20 amarelas, 10 verdes, 10 laranja e 10 roxas.